Provedor: como isso impacta na minha empresa

Raphael Gomes - 14/10/2016

O Brasil está entre os maiores países do mundo, desta forma é comum que até mesmo o maior provedor de internet, ou ISP em inglês, não ofereçam cobertura total em diversos locais pelo território nacional.

 

Atualmente o país tem 25,23 milhões de acessos de internet banda larga fixa, segunda a ANATEL, estando presente em aproximadamente 38% das residências. Esses usuários estão concentrados principalmente nos estados das regiões Sudeste e Sul, com soma de aproximadamente 19 milhões de usuários.

 

No acesso à Internet a partir da residência ou de uma pequena empresa estão envolvidos dois tipos de provedores de serviço:

 

  • Provedor de acesso à Internet, é provedor de serviços de valor adicionado, que tem a função de conectar um computador (PC por exemplo) à Internet permitindo a navegação na World Wide Web e acesso a serviços como envio e recebimento de e-mail. 
  • Provedor de serviço de telecomunicações que fornece a conexão entre a residência (ou escritório) e o local onde estão localizados os servidores do provedor de acesso a Internet. Esta conexão pode ser discada, fornecida pelas operadoras de telefonia fixa, ou Banda larga oferecida por operadoras de SCM.

 

Muitas empresas oferecem os dois serviços como um pacote. Já as operadoras de telefonia fixa são obrigadas a diferenciar os dois tipos de serviço.

 

Città Telecom, por exemplo, oferece o link dedicado para empresas com alto tráfego de internet.

READ  Facebook pioneiro com vídeo ao vivo em 360º na estação de estudo de Marte

 

Entenda para que serve um provedor nos dias de hoje

 

Este som te lembra alguma coisa?!

 

 

Para alguns, esse barulho esquisito é sinônimo de uma nostalgia gostosa dos princípios da internet, no início dos anos 90. Para outros, o ruído acorda um fantasma do passado e traz lembranças das inúmeras quedas de conexão e contas altíssimas de telefone no final do mês.

 

Quem experimentou a internet com conexão discada certamente conheceu algum provedor de acesso; entre os de maior destaque, podemos destacar o iG, o Terra (antigo ZAZ) e o UOL, por exemplo.

 

Na época da internet discada – cerca de 20 anos atrás, o provedor de internet era figura obrigatória na contratação do serviço. Naquele tempo, as operadoras de telefonia não podiam fazer o papel de provedores; regulamentos proibiam que as teles fizessem qualquer coisa além de telefonia. Assim, o provedor era indispensável para que fosse feita a autenticação do usuário. Mais do que isso, o provedor era também a camada que oferecia os protocolos necessários para navegar na web e utilizar os serviços oferecidos.

 

Desde 2013, a partir de um novo regulamento, a Agência Nacional de Telecomunicações acabou com a obrigatoriedade da contratação de provedores para realizar a conexão à internet. A partir de então, além de oferecer toda infraestrutura física de conexão (com cabos, rádios, modens, etc.) as operadoras passaram a ser obrigadas a prover também o serviço de acesso à web.

 

A banda larga chegou ao país no ano 2000. Hoje ela é responsável pela conexão de 97,7% dos lares com acesso à rede no Brasil; ou seja, a conexão discada só responde por 2,3% dos acessos.

READ  Internet em aviões ainda mais rápida que conexões domésticas

 

E se para a banda larga a própria operadora pode oferecer o autenticador de conexão, no acesso discado ainda é necessária a presença de um provedor. A diferença é que agora a operadora é obrigada a oferecer o serviço completo de acesso à internet; ou seja, mesmo que um provedor seja necessário, este serviço não pode ser cobrado a parte.

 

Algumas operadoras, mesmo em serviços de banda larga, ainda optam por terceirizar a etapa do acesso com provedores. É uma decisão do modelo de negócio de cada empresa. O importante saber é que você, seja com conexão discada – que requer a presença do provedor – ou com banda larga – que o dispensa, não precisa pagar nada extra pela autenticação de acesso à internet.

comments

Fique por dentro das novidades do Blog Città

Assine nossa newsletter e receba os artigos por email!

Artigos Relacionados

  • Protocolo

    Internet - Chrome deixará de mostrar verificação de segurança em sites HTTPS

    Leia mais
  • BRASIL

    Internet - Pesquisa mostra que brasileiros passam 6 horas por dia na internet

    Leia mais
  • Internet - Fim da neutralidade de rede nos EUA foi aprovado para 11 de Junho

    Leia mais