SpaceX lança projeto de Banda larga global

Pauliran Martins - 27/02/2018

O projeto Starlink foi lançado este mês e lançou os primeiros satélites de testes na orbita do planeta.

 

 

Um projeto ousado com o propósito de oferecer internet banda larga global, foi lançado pela SpaceX que colocou em órbita dois satélites, dando início ao Starlink.

 

 

O projeto foi colocado em atividade após o teste do foguete mais forte do mundo, que enviou um carro para percorrer pelo espaço. O programa aconteceu este mês, na quarta-feira (21), no intuito de desenvolver uma rede com milhares de satélites em órbita a distância da Terra. Com a promessa de se igualar a velocidade da rede 5G e atingindo a casa dos gigabits (1 Gb/s).

SpaceX global

SpaceX inicia ideia de oferecer internet banda larga global.

 

O lançamento dos satélites Microsat-2a e Microsat-2b deu início ao Starlink, projeto que inicialmente utilizará os satélites para testes da empresa. Caso tudo ocorra dentro do planejado, em 2019 serão lançados os primeiros satélites comerciais em órbita. A previsão para toda a rede estar completa, é prevista apenas para 2025. Os dispositivos foram levados pelo foguete Falcon 9, junto a um terceiro satélite propriedade do governo espanhol.

 

 

De acordo ao site Theverge, o programa propõe pôr em órbita aproximadamente 12 mil satélites: 7.518 voando a 346 Km de altura e 4.425 em torno de 1.300 Km da superfície terrestre – essas distâncias se mostram baixas se comparadas aos satélites de comunicação tradicionais. Os dois equipamentos operam em frequências diferentes e tem 83 planos de órbitas, com o objetivo de cobrir toda a Terra.

READ  satélite brasileiro vai ser lançado ao espaço e dará acesso de 100% a internet ao Brasil

 

 

O acesso a rede da Starlink funciona como uma internet via satélite comum. A expectativa é de que, devido ao maior número de satélites o sinal transmitido e a menor distância, torna o acesso com melhor tempo de resposta. Sendo um dos maiores obstáculos da conexão via Banda Ka/Ku disponíveis atualmente. O target principal são os habitantes de áreas rurais, onde a rede de internet via cabo e fibra ótica ainda não abrange a região.

 

 

Segundo o CEO da SpaceX (Elon Musk), a expectativa é de conquistar valores altos com o projeto. Porém, ainda existem diversos desafios que a empresa terá que superar. Um dos mais pertinentes é sobre a gestão dos satélites, já que o interesse é de que eles se movimentem em torno da Terra. Em 2015, quando o Starlink foi anunciado Musk indicou-o como um novo investimento para iniciar a povoar Marte.

 

 

Via: Techtudo e The Verge

 

 

Curta e comente no @Blogcittà

comments

Fique por dentro das novidades do Blog Città

Assine nossa newsletter e receba os artigos por email!

Artigos Relacionados